Senhores Usuários

Com o objetivo de apresentar melhorias nos serviços disponibilizados pelo Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, o Departamento de Sistemas está implementando novos procedimentos tecnológicos relativos à estrutura de dados e ferramentas de desenvolvimento de software, podendo acarretar nesse período de transição picos de instabilidades em alguns serviços, tais como: Tucujuris, Módulo de Gestão Processual, Administrativa, Tucujurômetro, Tucujurisdoc e Portal da Transparência.

Caso necessário, contactar no ramal 3165.

Corregedoria-Geral de Justiça do Amapá

O Desembargador Agostino Silvério Junior é natural de Pato Branco – PR. É Bacharel em Direito pela Universidade Católica do Paraná. Aos 20 anos ingressou na carreira judiciária como Auxiliar Judiciário no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná. Entrou para a Magistratura do Estado do Amapá em 1991, já nomeado Juiz de Direito e obedecido o critério da antiguidade, o magistrado ascendeu ao posto de Desembargador em dezembro de 2002. Foi Presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, biênio 2007/2009 e exerceu também o cargo de Corregedor-Geral da Justiça, biênio 2005/2007. 

desembargador agostino 

Apresentação

A Corregedoria-Geral da Justiça, órgão de orientação, controle e fiscalização disciplinar dos serviços judiciais da Justiça de Primeiro Grau e dos Cartórios Extrajudiciais, com poderes em todo o Estado do Amapá, é exercida pelo Desembargador Corregedor-Geral.

O Corregedor-Geral é eleito pelo Tribunal Pleno, com mandato de dois anos, toma posse perante o Presidente do Tribunal, sendo-lhe subordinados todos os órgãos de Primeiro Grau do Poder Judiciário, servidores da Corregedoria, bem como os Cartórios Extrajudiciais.

Os projetos Petição10, Sentença 10 e Projeto Justiça Cordial foram gentilmente cedidos pela Corregedoria do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, sob a gestão do Desembargador Corregedor Hamilton Elliot Akel.

Projeto Petição 10, Sentença 10

Projeto Justiça Cordial

selo-ouro-cnj selo-ouro-cnj