A programação do FONAJE foi atualizada

acompanhe aqui.

Colaboradores da Política de Conciliação do Judiciário recebem reconhecimento do TJAP

premiados2017sema 1O Tribunal de Justiça do Amapá, por meio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais e Solução de Conflitos, premiou 28 pessoas e instituições que atuaram em prol da política nacional de conciliação do Judiciário, com ênfase na XII Semana Nacional de Conciliação realizada em dezembro de 2017. A cerimônia ocorreu no Plenário do TJAP, na segunda-feira, dia 05. (VISUALIZAR FOTOS)

premiados2017sema 36A decisão de premiar os colaboradores se deu a partir do reconhecimento, por parte do Conselho Nacional de Justiça, do esforço desenvolvido pelo TJAP, que atingiu a marca de ser o Tribunal brasileiro que mais conciliou em 2017, mesmo antes da Semana Nacional sobre o tema. Essa marca trouxe ao Judiciário amapaense o Prêmio Conciliar é Legal, recebido pelo desembargador-presidente Carlos Tork em janeiro último na sede do CNJ.

“É um reconhecimento público e institucional de que o prêmio que recebemos do CNJ é de todos. E alguns dentre esses se destacaram e hoje fazemos o reconhecimento da atuação de magistrados, servidores e colaboradores em benefício da cultura da paz e da conciliação”, enfatizou o presidente do TJAP.

premiados2017sema 33A desembargadora Sueli Pini, coordenadora do NUPEMEC, ressaltou que apesar do esforço de ampliação das políticas de conciliação, o Brasil ainda cultiva uma “forte cultura processual”. Nesse sentido, afirmou a importância de manter o trabalho de consolidação dessas políticas. “A cerimônia é importante porque joga luzes sobre o trabalho quer as pessoas fazem, e estimula outros a buscarem alcançar os mesmos objetivos”, afirmou. Porém, a magistrada considerou o fato de que “no Brasil a cultura processual ainda é muito enraizada, por isso é necessário cavar fortes trincheiras para descortinar um novo sistema de entrega da jurisdição, por meio de diversas frentes de conciliação”.

premiados2017sema 39Premiada em 1º lugar na categoria Magistrados, a juíza Joenilda Lenzi, Titular da 3ª Vara de Família, Órfãos e Sucessões e coordenadora do Centro Judiciário de Solução de Conflitos – Cejusc, da Comarca de Macapá, considerou “importante comemorar a conquista de cada um que soma para esse resultado, porque o reconhecimento traz ânimo e motiva a caminhar no sentido de continuar fazendo a Justiça do Amapá ser reconhecida como uma das melhores do Brasil”.

premiados2017sema 42Na mesma categoria foram premiados, em 2º lugar, o juiz Zeeber Lopes Ferreira, Titular do Juizado Especial Cível, Criminal e da Fazenda Pública da Comarca de Laranjal do Jari, representado na cerimônia pelo juiz José Castellões. Em 3º lugar foi premiada a juíza Eleusa da Silva Muniz, titular da 4ª Vara do Juizado Especial Cível Central/Microempresa da Comarca de Macapá, que compareceu ao evento com sua equipe.

premiados2017sema 45Na categoria servidor, Cleinildo Brito Ramos, técnico judiciário do Juizado Especial Cível, Criminal e da Fazenda Pública da Comarca de Laranjal do Jari, conquistou o 1º lugar. Em 2º lugar ficou Marcos Tavares Pedro, técnico judiciário da Vara Única da Comarca de Amapá, que foi representado na cerimônia por sua mãe, Sandra Maria da Silva Tavares. A 3ª colocação da categoria foi para Lidiane da Conceição Silva, auxiliar judiciária da 4ª Vara do Juizado Especial Cível Central / Microempresa da Comarca de Macapá.

premiados2017sema 52“A gente se sente muito feliz porque é um reconhecimento do nosso trabalho, e todos os dias estamos nessa luta das audiências tentando conciliar o maior número possível de conflitos. Sabemos que as pessoas estão lá buscando a nossa ajuda para chegarem a um consenso no seu problema, que acaba sendo de todos nós, da sociedade. Sinto-me honrada de participar dessa premiação, estendendo a toda a nossa equipe, porque sem uma equipe unida não conseguiríamos esse resultado positivo”, declarou Leidiane da Conceição.

premiados2017sema 53Na categoria Estagiário, o 1º lugar foi para Lígia Mônica Wangtohn Coelho, estagiária de nível superior do CEJUSC Central. O 2º lugar ficou com Maria Lea Queiroz Guedes, estagiária de nível superior da 6ª Vara do Juizado Especial Cível Sul e a 3ª colocação foi destinada a Bia Oliveira de Andrade, estagiária de nível superior da 2ª Vara do Juizado Especial Cível Central. “Sou muito grata pelo reconhecimento. Saber lidar com as partes e conseguir acordos frutíferos é meu grande aprendizado”, disse Maria Lea.

premiados2017sema 60Ofício Judicial (Vara) também foi uma das categorias premiadas. Nela o 1º lugar foi para a Vara Única da Comarca de Amapá; o 2º lugar ficou com a Vara do Juizado Especial Cível, Criminal e da Fazenda Pública da Comarca de Laranjal do Jari e o 3º lugar para a 2ª Vara do Juizado Especial Cível da Comarca de Macapá.

premiados2017sema 13A categoria Menção Honrosa CEJUSCs homenageou o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania de Macapá, localizado no Fórum Central; o Fórum da Central de Tratamento de Conflitos da Zona Norte e o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania Pólo Faculdade FAMA.

premiados2017sema 72A coordenadora do curso de Direito da faculdade agraciada, Verena Corecha, disse que “a cooperação com o TJAP motiva os alunos, trazendo uma nova visão sobre a vida e sobre o exercício prático do Direito”.

premiados2017sema 76A Menção Honrosa também foi entregue a instituições que cooperam com a política de conciliação: Ministério Público Estadual; Defensoria Pública do Estado; OAB-AP; Procuradoria Geral do Estado; Procuradoria do Município de Macapá; PROCON-AP; Faculdade FAMA; Faculdade Estácio do Amapá; Universidade Federal do Amapá; Companhia de Eletricidade do Amapá - CEA; Companhia de Água e Esgoto do Amapá – CAESA e Serviço Integrado de Atendimento ao Cidadão – SIAC/Superfacil. Além dessas instituições, a conciliadora do NUPEMEC, Sônia Ribeiro, também recebeu a certificação honrosa.

- Macapá, 06 de março de 2018 -

Assessoria de Comunicação Social
Siga-nos no Twitter: @Tjap_Oficial
Facebook: Tribunal de Justiça do Amapá
You Tube: TJAP Notícias
Flickr: www.flickr.com/photos/tjap_oficial
Instagram: @tjap_oficial
Programa Justiça por Elas- Rádio 96.9 FM
Programa Conciliando as Diferenças- Rádio 96.9 FM
Programa Nas Ondas do Judiciário- 630 AM
Programa Justiça em Casa- Rádio 96.9 FM
Programa Justiça Contando Histórias- Rádio Difusora

selo-ouro-cnj selo-ouro-cnj