TJAP apresentará plano estratégico com avanço na política de gestão de pessoas

entreviesclemile 1O programa Justiça em Casa da quinta-feira (05), transmitido pela Rádio Universitária 96.9 FM, levou ao ar uma abordagem sobre a Política Nacional de Gestão de Pessoas no âmbito do Poder Judiciário, prevista pela Resolução nº 240/2016 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Atenderam ao convite o presidente do Comitê Gestor de Pessoas do TJAP, juiz Esclepíades de Oliveira Neto, e a diretora do Departamento de Gestão de Pessoas (Degesp), Kátia Milena Salomão, ambos responsáveis pela implantação da Política no Judiciário na Justiça do Amapá.

entreviesclemile 2De acordo com o juiz Esclepíades, a Resolução nº 240 expressa a “preocupação em cuidar das pessoas, dos servidores que estão no dia a dia colaborando para o fortalecimento da Justiça”.

Milena Salomão complementa dizendo que “as pessoas são o patrimônio maior de uma instituição”. De acordo com ela “a proposição estratégica para a execução dessa política está acontecendo no TJAP por meio de uma melhor comunicação maior e melhor cuidado com o desenvolvimento das pessoas”.

A criação do Comitê Gestor de Pessoas é um dos itens da Resolução nº 240, em seu artigo 10º. No Amapá, este colegiado é composto por oito membros – quatro magistrados e quatro servidores – e presidido pelo juiz Esclepíades, que explica sua funcionalidade. “Este comitê integra o planejamento estratégico da instituição. Da admissão de pessoal, por meio de concursos públicos, passando pela fase de estágio probatório, quando analisamos os critérios de avaliação desses servidores e posteriormente no desenvolvimento de suas competências, na sua fase mais estável, até a fase de aposentadoria”, detalhou.

Todo esse esforço visa equilibrar a balança entre direitos e deveres do servidor, com objetivo de prestar sempre o melhor serviço à população.

entreviesclemile 3Na execução dessa política está o Departamento de Gestão de Pessoas (Degesp/TJAP), dirigido por Milena Salomão. A diretora exemplifica o trabalho de motivação do servidor, com o projeto “Gestão por Competência”, que “faz com que ele procure a sua melhoria e assim traga essa melhora para dentro da instituição”. Isso é feito com o mapeamento das competências para que as pessoas sejam alocadas nos locais onde melhor irão produzir.

Milena diz ainda que “o investimento humano tem que ser constante e desenvolver o servidor não é tarefa fácil”. Por essas razões o desafio conta com a parceria da Escola Judicial do Amapá (EJAP), que vem identificando os pontos necessários para esse desenvolvimento junto ao próprio servidor. A agenda de capacitações da EJAP hoje é fruto dessa dinâmica de ouvir os colaboradores e detectar as suas necessidades.

“O Comitê é muito transparente e tem bases éticas interessantes, porque tem essa composição paritária e que permite uma gestão mais democrática. Parte dos integrantes vem de eleições diretas feitas pelas suas categorias correspondentes. O próprio presidente tem que ser um magistrado eleito, o que assegura maior legitimidade no ato de pautar as ações do coletivo”, explica o juiz Esclepíades.

O trabalho de gestão de pessoas no TJAP tem dois eixos centrais: um deles é o programa “Melhor Mais”, gerenciado pela servidora Maria de Jesus dos Santos Oliveira; o outro é o projeto “Gestão por Competência”, gerenciado pelo servidor Diego França.

De acordo com o Juiz Esclepíades, “além dos projetos em andamento, o Comitê está em funcionamento regular e dentre suas tarefas está a consolidação do Plano Estratégico de Gestão de Pessoas, que deverá ser apresentado neste mês de outubro; da rede local de gestão de pessoas, que envolve do presidente do TJAP aos bolsistas, articulando todos os setores por onde passam os projetos de gestão de pessoas e da rede nacional que nos interliga à política em âmbito geral”.

O juiz relatou também sobre a “Pesquisa de Clima Organizacional” que circulou em todas as comarcas, de Oiapoque a Laranjal do Jari, levantando informações sobre a questão motivacional, condições de trabalho, produtividade, saúde de servidores e magistrados. Essa pesquisa está sendo concluída para apresentação ainda este ano.

- Macapá, 05 de Outubro de 2018 -

Assessoria de Comunicação Social
Siga-nos no Twitter: @Tjap_Oficial
Facebook: Tribunal de Justiça do Amapá
YouTube: TJAP Notícias
Flickr: www.flickr.com/photos/tjap_oficial
Instagram: @tjap_oficial
Programa Justiça por Elas - Rádio 96.9 FM
Programa Conciliando as Diferenças - Rádio 96.9 FM
Programa Nas Ondas do Judiciário - 630 AM
Programa Justiça em Casa - Rádio 96.9 FM
Programa Justiça Contando Histórias - Rádio Difusora

selo-ouro-cnj selo-ouro-cnj