Representantes do TJAP e MP recebem a Medalha Tamandaré concedida pela  Marinha do Brasil

medalhatamandará (1).jpegNa tarde desta segunda-feira (04), o presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, desembargador Carlos Tork; o presidente eleito para o biênio 2019-2020 do TJAP, desembargador João Lages; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá, desembargador Manoel Brito; a desembargadora Sueli Pini, e a juíza Stella Ramos, participaram, na sede da Capitania dos Portos, em Santana, da cerimônia que reconheceu o trabalho e o esforço pessoal de importantes personalidades do Amapá com a entrega da Medalha Tamandaré.

medalhatamandará (2).jpegNa cerimônia foram homenageadas a desembargadora Sueli Pini (TJAP) e a promotora de Justiça Ivana Cei (MP-AP). A solenidade militar procedeu com a entrega da comenda Medalha Mérito Tamandaré, que, criada pelo Decreto Nº 42.111 (20 de agosto de 1957), destina-se a agraciar autoridades, instituições e personalidades civis e militares que tenham prestado relevantes serviços na divulgação ou fortalecimento das tradições da Marinha do Brasil, seja honrando seus feitos ou realçando seus vultos históricos.

medalhatamandará (5).jpegSegundo o almirante Edervaldo Teixeira, Comandante do 4º Distrito Naval, a Medalha Mérito Tamandaré é importante por reconhecer a importância dada, no caso por autoridades, à Marinha do Brasil. “É importante deixar claro que quando alguém valoriza a Marinha, também valoriza o povo brasileiro, pois este é o beneficiário final do trabalho que esta Força exerce”, garantiu o almirante, que acrescentou que tem “a maior satisfação de fazer parte deste momento e entregar esta comenda à desembargadora Sueli Pini e à promotora de Justiça Ivana Cei”.

medalhatamandará (3).jpegA desembargadora Sueli Pini ressaltou que a homenagem deixa um misto de emoções. “O primeiro sentimento que ocorre é referente à responsabilidade que é ostentar uma honraria tão tradicional e importante”, refletiu a magistrada. “Não é tão simples, pois sempre nos questionamos se realmente fazemos jus à medalha, e isto nos compele a nos esforçarmos ainda mais para manter e melhorar o padrão, arregaçando as mangas e realizar esse trabalho conjugado com os princípios que regem a Marinha”, complementou.

medalhatamandará (4).jpegO desembargador-presidente do TJAP, Carlos Tork, prestigiou a cerimônia e registrou que muito honra e alegra a todos que compõem o Poder Judiciário Amapaense ver a desembargadora Sueli Pini receber esta honraria. “Este reconhecimento por parte da Marinha é fundamental para todas as instituições parceiras e no caso a Justiça do Amapá toda também reconhece que a desembargadora Pini trabalhou muito para estabelecer e reforçar esta parceria, em especial com o Programa Justiça Itinerante”, observou o magistrado, acrescentando que a homenagem é mais do que merecida.

Sentimento semelhante foi expressado pelo desembargador João Lages, que na condição de presidente eleito do TJAP para o biênio 2019-2020, apreciou o gesto da Marinha do Brasil. “A Medalha do Mérito Tamandaré é um muita significativa ao reconhecer o comprometimento com a Nação e nossa sociedade, lembrando que a desembargadora Pini dedicou parte importante de sua vida profissional a esta missão de levar a Justiça aonde a população mais precisa, em especial às comunidades residentes no Arquipélago do Bailique”, ressaltou o desembargador.

- Macapá, 05 de fevereiro de 2019 -  

Assessoria de Comunicação Social
Siga-nos no Twitter: @Tjap_Oficial  
Facebook: Tribunal de Justiça do Amapá  
YouTube: TJAP Notícias  
Flickr: www.flickr.com/photos/tjap_oficial  
Instagram: @tjap_oficial  
Programa Justiça por Elas- Rádio 96.9 FM  
Programa Conciliando as Diferenças- Rádio 96.9 FM  
Programa Nas Ondas do Judiciário- 630 AM  
Programa Justiça em Casa- Rádio 96.9 FM  
Programa Justiça Contando Histórias- Rádio Difusora

selo-ouro-cnj selo-ouro-cnj Sessões online