6º Encontro de Trabalho de Diretores de Fóruns fortalece política de gestão democrática do Judiciário

6ºENCONTRODIRE (114).jpgOuvir os dirigentes das unidades forenses de todas as comarcas do estado foi uma decisão de gestão democrática, implantada pelo desembargador Carlos Tork na presidência do TJAP a partir de 2017. No 6º Encontro de Trabalho de Diretores de Fóruns realizado nesta sexta-feira (08), os magistrados ouviram do desembargador João Guilherme Lages, que assume o comando do Judiciário a partir de 1º de março, a promessa de manter todos os espaços de diálogo até então instituídos.

6ºENCONTRODIRE (2).jpgOs gestores acompanharam a explanação do consultor Victor Barbalho sobre os resultados do processo de avaliação por desempenho (1º ciclo de avaliações) do Programa Gestão por Competências, que vem sendo implantado no Judiciário. Os resultados revelam um coeficiente de desempenho dos servidores que podem ensejar ações de meritocracia pelo Tribunal em benefício dos mesmos.

6ºENCONTRODIRE (113).jpgComo segundo ponto de pauta, o Juiz João Matos, auxiliar da presidência do TJAP, apresentou a nova Tabela de Lotação Paradigma, cumprindo meta relativa à Resolução nº 219 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que trata da equalização da força de trabalho. O magistrado informou que a Entrância Inicial está quase totalmente equalizada, à exceção das comarcas de Mazagão e Porto Grande, em processo de equalização.

De acordo com o juiz João Matos, na Comarca de Macapá apenas 13 unidades ainda não estão equalizadas, ou seja, ainda em processo de ajuste entre a força de trabalho e a quantidade de trabalho. O magistrado apresentou também a Secretaria Única Virtual do Interior, outra inovação da gestão.

Neste momento o presidente Carlos Tork e o futuro presidente do TJAP, desembargador João Lages, assinaram um Ato Conjunto removendo 49 servidores do interior para a capital para atuarem na Secretaria Única Virtual do Interior.

6ºENCONTRODIRE (37).jpgOs juízes diretores de fóruns também trouxeram contribuições à pauta do 6º Encontro. Ao final do Encontro, o desembargador Carlos Tork se despediu da função de coordenador do fórum de diretores afirmando que “o evento fechou etapas importantes do programa Gestão por Competências e da instalação da Secretaria Única Virtual do Interior”, citando como exemplos da importância desse espaço de diálogo e gestão compartilhada. Em seguida passou a palavra ao desembargador João Lages, que passa a comandar os debates a partir de sua posse em 1º de março.

“É uma experiência fantástica esse encontro com diretores de fóruns, que são aqueles juízes que estão na linha de frente fazendo a gestão do Poder Judiciário mais próximo da sociedade”. O magistrado considerou que esta instância representa um retrato do Judiciário, capaz de orientar a alta gestão a tomar as melhores decisões. “Basta seguirmos as orientações do CNJ e com diálogo vamos construindo uma Justiça cada vez mais democrática e republicana”, finalizou o futuro presidente.

6ºENCONTRODIRE (17).jpgA reunião de trabalho teve a participação dos desembargadores Carlos Tork (presidente); João Lages (presidente eleito); dos juízes Alaíde Maria de Paula (Fórum de Macapá); Naif Daibes (Fórum do Juizado Especial Sul); Eliana Pingarilho (Fórum de Santana); João Matos (auxiliar da presidência; Saloé Ferreira da Silva (Fórum de Mazagão); Esclepíades de Oliveira Neto (presidente do Comitê de Gestão de Pessoas); Heraldo Costa (Fórum de Tartarugalzinho); Délia Silva Ramos (Fórum de Calçoene); José Castellões Menezes Neto (Fórum de Amapá); Almiro Avelar (Fórum de Laranjal do Jari); Marcella Peixoto Smith (Fórum de Pedra Branca do Amaparí); Davi Schwab Kohls (Fórum de Vitória do Jarí); Ilana Luongo (Fórum de Oiapoque).

- Macapá, 08 de Fevereiro de 2019 -

 

Assessoria de Comunicação Social

Siga-nos no Twitter: @Tjap_Oficial

Facebook: Tribunal de Justiça do Amapá

YouTube: TJAP Notícias

Flickr: www.flickr.com/photos/tjap_oficial

Instagram: @tjap_oficial

Programa Justiça por Elas- Rádio 96.9 FM

Programa Conciliando as Diferenças- Rádio 96.9 FM

Programa Nas Ondas do Judiciário- 630 AM

Programa Justiça em Casa- Rádio 96.9 FM

Programa Justiça Contando Histórias- Rádio Difusora

selo-ouro-cnj selo-ouro-cnj