Senhor(a) Servidor(a),

O Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, com o objetivo de obter destaque no Prêmio CNJ Qualidade – Edição 2019, instituído pela Portaria 88/2019-CNJ, convida os servidores a participarem do Curso de Nivelamento dos Servidores do Poder Judiciário, ora promovido por aquele Conselho, na modalidade a distância e no formato autoinstrucional.

O referido curso tem o propósito de ofertar capacitação para os servidores do Poder Judiciário em temas que propiciem o domínio de competências necessárias com vistas à melhoria das práticas profissionais, contribuindo para sua formação, com impactos substanciais no desenvolvimento de sua atuação profissional para uma prestação jurisdicional eficiente.

Assim, concito os servidores a participar do referido Curso, informando que a conclusão da capacitação irá até o dia 30 de setembro de 2019. As inscrições estão em andamento e devem ser realizadas meio do link: Curso de Nivelamento dos Servidores do Poder Judiciário

 0AREVERÊNCIA 22

            

- Macapá, 08 de julho de 2016-

Um homem dedicado à família, à profissão e fã de aventuras radicais. Sorridente, amigável, educado e divertido, são características marcantes do Juiz Normandes Antônio de Sousa, titular da 1ª Vara Criminal da Comarca de Santana, que nos momentos de folga, quando dá um descanso à toga, rende-se a esportes radicais como saltar de parapente, pilotar avião paramotor e moto, e outros não tão radicais como praticar corridas e jogar futebol com os amigos.

 

REVERENCIAEDVALDO 5                  -Macapá,01 de julho de 2016-

Ininterruptos vinte e três (23) anos de uma vida dedicada à Justiça do Amapá. Edvaldo Edson Costa dos Santos tem uma trajetória marcada pela inteira entrega pessoal e profissional com o Judiciário. É um homem zeloso ao trabalho e fiel aos seus familiares e amigos. Conhecido pela família como “Val”, pelos colegas de serviço é carinhosamente chamado de “Tigrão” e “Cabeça Branca”.

                                                                                       - Macapá, 17 de Junho de 2016-

REVERENCIAMARIO 10Mário Gurtyev de Queiroz é um construtor de novas oportunidades e dedicado vinte e quatro horas ao trabalho, sua marca. Um ser humano com dom de liderança. Com sua persistência inovadora e determinação incomum contribuiu para a estruturação do Judiciário amapaense, e com muito empenho ergueu os primeiros alicerces para o sucesso da Justiça do Amapá.

 022 okMARA ELIZÂNGELA DIAS DO CARMO DOS SANTOS é uma mulher dinâmica, persistente, competente, visionária, responsável e carismática. O carinho e respeito que tem pelos colegas de trabalho é recíproco. É também sua sensibilidade profissional que reflete liderança e inspira confiança dos superiores e colegas. No campo pessoal Mara é extremamente apaixonada pelos pais, marido e filhos. Uma pessoa sempre de bem com a vida, pronta a servir, principalmente àqueles que mais precisam de ajuda. A caridade é uma de suas qualidades, gosta de auxiliar o próximo e se esmera para fazer o bem.

celia

     - Macapá, 20 de maio de 2016-

Um bom astral incomparável, assim como uma força de vontade surpreendente. De coração bondoso, sorriso cativante e muita determinação esta é Célia de Souza Coutinho, uma servidora da Justiça querida entre todos os colegas, amigos e familiares, cuja função que assumiu para a vida é ser mãe de todos, acolhê-los e ajudá-los.

AUGUSTO 18       -Macapá, 13 de maio de 2016-

Longa e árdua é o esforço de mulheres e homens pelas conquistas dos direitos do sexo feminino. A Justiça do Amapá, por meio dos Juizados da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher das Comarcas de Macapá e Santana, coordenados pelos devotados magistrados Juiz Augusto César Gomes Leite e Juíza Michele Farias, respectivamente, atuam todos em prol de garantir reparação de direitos das mulheres que são vítimas de violência. Ambos, magistrados são exemplos de trabalho e comprometimento com a pronta aplicação da lei 11340/2006 que responsabiliza agressores às mulheres, ocorridas nas relações domésticas e familiares.

 0ARIBEIRO 32

             - Macapá, 06 de maio de 2016-

José Ribeiro de Oliveira, do alto de seus 61 anos, pode ser definido com uma pessoa extremamente determinada e detalhista. Alguém que nunca desistiu ante as dificuldades, apesar das tantas tempestades que enfrentou no curso da vida. Imensamente simples, discreto e de pouca fala, conserva uma postura altiva e atenta, almejando todos os dias a perfeição nas atividades que realiza.

 TRABALHADOR 1        - Macapá, 22 de abril de 2016-

O trabalho dignifica o homem e lhe dá sentido à vida, pois felicidade é também ter o que fazer, se sentir útil e produtivo, ter ciência de que todo o conforto e todas as vitórias alcançadas são resultados de seu empenho e do esforço de trabalhadores de muitas gerações. Cada pessoa, com seu ofício e sua profissão é importante para a humanidade, não existindo trabalho que não seja merecedor de toda a honraria. Dependemos tanto de engenheiros e médicos quanto de pedreiros, garis, padeiros, agricultores e tantos outros trabalhadores.

7

      - Macapá, 22 de abril de 2016-

Marcante com seu porte de lorde, educação refinada, extremamente atencioso e dedicado em tudo que faz. Chamado carinhosamente pelos seus amigos e colegas de CONDE, devido a sua imponente estatura e ar de fidalgo, característica que logo chama a atenção das pessoas nos lugares onde está presente. Dono de uma voz tranquila e de forte sotaque sulista, com remessa ao polonês de origem, personalidade cativante e discreto humor zombeteiro. Tantas especiais características se somam a seu generoso coração, ao belo espírito resoluto que indicam trajetória de vida voltada para servir, ajudar, cooperar, auxiliar e aconselhar. Assim temos uma pequena faceta desse dedicado e sábio magistrado, o querido Mário Mazurek.

reverencia 1

                    - Macapá, 15 de abril de 2016- 

Nesta semana, o Judiciário amapaense reverencia e reconhece o trabalho de duas importantes Comarcas da Justiça Estadual que durante todos esses anos vem contribuindo com seus serviços jurisdicionais, sempre pautadas na integração com a sociedade em que está inserida. São as Comarcas de Tartarugalzinho e Calçoene.

selo-ouro-cnj selo-ouro-cnj Sessões online