Senhor(a) Servidor(a),

O Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, com o objetivo de obter destaque no Prêmio CNJ Qualidade – Edição 2019, instituído pela Portaria 88/2019-CNJ, convida os servidores a participarem do Curso de Nivelamento dos Servidores do Poder Judiciário, ora promovido por aquele Conselho, na modalidade a distância e no formato autoinstrucional.

O referido curso tem o propósito de ofertar capacitação para os servidores do Poder Judiciário em temas que propiciem o domínio de competências necessárias com vistas à melhoria das práticas profissionais, contribuindo para sua formação, com impactos substanciais no desenvolvimento de sua atuação profissional para uma prestação jurisdicional eficiente.

Assim, concito os servidores a participar do referido Curso, informando que a conclusão da capacitação irá até o dia 30 de setembro de 2019. As inscrições estão em andamento e devem ser realizadas meio do link: Curso de Nivelamento dos Servidores do Poder Judiciário

10

 -Macapá, 16 de outubro de 2015-

Uma vida dedicada ao conhecimento, ao ensino e ao partilhamento das ciências. Mestre, professor, docente, tio, seja qual for a denominação que damos, o que importa é o grande significado que este profissional tem na vida de cada um.

juizes 26Há 24 anos, o Amapá foi contemplado com o advento dos primeiros 27 juízes de Direito, aprovados no primeiro concurso público realizado pelo Tribunal de Justiça do Amapá. Era o início de uma história de ascensão que merece ser relembrada, aplaudida e reverenciada. São os primeiros magistrados que fazem parte da história do Estado como os pioneiros na missão de desenvolver serviços essenciais ao jurisdicionado, no âmbito da Justiça Cidadã.

 equipesUm verdadeiro exército, que envolveu magistrados, servidores e colaboradores, esteve a postos 24 horas. Tudo para que os eventos com a presença do Presidente do Supremo Tribunal Federal STF e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Ministro Ricardo Lewandowski, no Tribunal de Justiça e na Comarca de Oiapoque, ocorressem de maneira primorosa.

-Macapá, 25 de setembro de 2015-

 Molduras27Agilidade, celeridade, presteza, serviço gratuito, desburocratizado e totalmente voltado para uma resposta rápida aos anseios dos usuários. Um modelo de justiça em que o cidadão se sente bem mais à vontade e sabe que terá a solução de seu conflito em um curto período: estes são os Juizados Especiais.

 17

       Macapá, 18 de setembro de 2015

Uma mulher extremamente intensa, competente, atenta a tudo e de generosidade rara. Gosta de fazer e ver o resultado da melhor maneira possível. É comum encontrá-la nos corredores do Tribunal de Justiça, sempre solícita e pronta para ajudar.

 34

Macapá, 11 de setembro de 2015

Mulher, mãe, companheira, amiga e profissional competente, a juíza Marcella Peixoto Smith, Titular da Vara Única da Comarca de Pedra Branca do Amapari se destaca pelo seu dinamismo na função que desempenha e busca sempre estar inteirada na comunidade em que atua.

                                                                                           -Macapá, 03 de setembro de 2015-

 lucas 8Dinâmico, talentoso e apaixonado por tecnologia. Sua vocação é baseada em conhecer novos horizontes através do mundo tecnológico, um desbravador digital. A TECNOLOGIA é a sua grande paixão de vida. Com um perfil abnegado e trabalhador, Lucas Freitas chegou ao Amapá em 2008 para trabalhar como Analista de Sistema do Tribunal de Justiça do Amapá.

-Macapá, 28 de Agosto de 2015-

leonil 15Leonil Aquino Pena Amanajás, filho de Alarico Pena Amanajás e Raimunda Pena Amanajás, nasceu no dia 9 de maio de 1937, na região do Arquipélago do Bailique, e foi no interior que passou quase toda a juventude. Mesmo sem qualificação no curso de magistério, lecionou na região rural durante 10 anos, como professor leigo.

                                                             -Macapá, 21 de agosto de 2015-

 estagiariosreverencia 28Vitalidade, força, vontade de aprender, curiosidade, criatividade e dedicação são algumas das qualidades que os 187 estagiários do Tribunal de Justiça do Amapá, distribuídos nas comarcas de Macapá e Santana, possuem. Estes jovens que estão em formação e almejam o sonhado primeiro emprego, têm a oportunidade de iniciar a vida profissional dentro de uma das maiores instituições do Estado e não fazem feio. Encaram os desafios com um sorriso no rosto e desempenham tarefas importantes para o bom funcionamento da Justiça amapaense.

 radioreverencia 23                -Macapá, 14 de agosto de 2015-

Como falar da história do Amapá sem citar a importância e a influência do rádio jornalismo na formação de nosso povo? Pois é. Foi justamente por meio desse fantástico e resistente veículo de comunicação, que atravessa anos e mais anos de existência e continua tão necessário na vida das pessoas, principalmente daquelas que moram em localidades distantes e desprovidas de tecnologia, que hoje, mesmo com o passar dos anos, podemos ainda conversar com os ouvintes através das ondas do velho e bom rádio, sem distinção de credo, raça, religião ou classe social.

selo-ouro-cnj selo-ouro-cnj Sessões online