Nossa Reverência esta semana é para a Rádio do Judiciário

 radioreverencia 23                -Macapá, 14 de agosto de 2015-

Como falar da história do Amapá sem citar a importância e a influência do rádio jornalismo na formação de nosso povo? Pois é. Foi justamente por meio desse fantástico e resistente veículo de comunicação, que atravessa anos e mais anos de existência e continua tão necessário na vida das pessoas, principalmente daquelas que moram em localidades distantes e desprovidas de tecnologia, que hoje, mesmo com o passar dos anos, podemos ainda conversar com os ouvintes através das ondas do velho e bom rádio, sem distinção de credo, raça, religião ou classe social.

 radioreverencia 11E a população amapaense possui de forma bastante ativa o hábito de ouvir o rádio para o seu entretenimento, atualização do conhecimento e interação com quem está à frente do programa sintonizado. Foi observando esta realidade que o Judiciário do Amapá foi atrás da realização de programas de rádio para melhor se aproximar da sociedade.

 radioreverencia 3Em Janeiro de 2015, numa grande demonstração de sempre tornar-se um Judiciário cada vez mais transparente e próximo do cidadão, a Justiça do Amapá inaugurou um estúdio de Rádio, denominado “Judici Rádio Juiz Mário Kaskelis”.

 radioreverencia 20A escolha do nome da Rádio ocorreu através de Concurso Cultural Interno que também definiu a Logomarca, Slogan e Nome do Programa da Rádio do Judiciário. Foram quarenta e cinco trabalhos inscritos, sendo 20 na categoria logomarca e 25 na categoria nome do programa. Os magistrados, servidores, estagiários, bolsistas e integrantes do Gabinete Militar do TJAP participaram do concurso.

 radioreverencia 4“Fiquei muito feliz pela participação dos integrantes do Judiciário no concurso. Tivemos uma enorme dificuldade para escolher os melhores, devido a qualidade dos trabalhos apresentados e a criatividade dos participantes”, explicou a Presidente do TJAP, Desembargadora Sueli.

 radioreverencia 14Em junho, a voz da Justiça ganhou repercussão por meio das ondas do rádio. O primeiro programa a ir ao ar foi o “CONCILIANDO AS DIFERENÇAS”, pela Rádio Universitária 96,9 FM, no horário de 17h00 as 18h00. Em seguida foi a vez do programa “NAS ONDAS DO JUDICIÁRIO: UM RIO DE INFORMAÇÕES”, pela Rádio Difusora 630 AM, das 11h00 as 12h00, uma estreia que veio com a promessa de muito sucesso.

 radioreverencia 10No “Programa Conciliando as Diferenças”, há um diferencial. Além das entrevistas e notícias, há o quadro TÉCNICAS DE MEDIAÇÃO E CONCILIÇÃO, conduzido pela servidora do TJAP Sônia Regina Ribeiro, que traz de forma bastante acessível a troca de experiências e dicas sobre os assuntos relacionados à solução de conflitos para que o próprio ouvinte possa aplicar em seu dia-a-dia.

 radioreverencia 12E a programação cresce a cada dia e alcança cada vez mais ouvintes dos distintos pontos do Estado do Amapá, ultrapassando barreiras e chegando até mesmo às ilhas do Pará. A equipe da Assessoria de Comunicação do TJAP, responsável por produzir e apresentar os programas não mede esforços para levar informação a toda população do Amapá.

 radioreverencia 15Divertidas, inteligentes e contagiantes as entrevistas são bastante aguardadas, é neste momento que magistrados, servidores e convidados podem relatar e contar o que estão fazendo em prol da sociedade amapaense e ainda interagir com os ouvintes que não poupam perguntas.

 radioreverencia 6Com empenho e dedicação, os magistrados, servidores e colaboradores da Justiça do Amapá levam ao ar programas todas às quartas e sextas, deixando o Judiciário mais próximo de todos, como almeja a sociedade. Justiça, população e comunicação caminham juntas. E o Rádio conduz esta relação.

É por toda esta importância, empenho, amor em comunicar e dedicação que os programas de rádio do Judiciário e a equipe da Assessoria de Comunicação do TJAP merecem nossa permanente sintonia e reconhecimento. Merecem mesmo Nossa Reverência!

===============================================================================================================

Selo 28 Anos TJAP Selo 29 Anos TJAP Selo Ouro CNJ Sessões online

O Tribunal de Justiça do Estado do Amapá utiliza cookies em seu portal e Aplicativos para controle de navegação no site e geração de informações estatísticas, os quais são armazenados apenas em caráter temporário para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com esse monitoramento. Conheça nossa Política de Privacidade, Cookies e a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais - LGPD