Senhor(a) Servidor(a),

O Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, com o objetivo de obter destaque no Prêmio CNJ Qualidade – Edição 2019, instituído pela Portaria 88/2019-CNJ, convida os servidores a participarem do Curso de Nivelamento dos Servidores do Poder Judiciário, ora promovido por aquele Conselho, na modalidade a distância e no formato autoinstrucional.

O referido curso tem o propósito de ofertar capacitação para os servidores do Poder Judiciário em temas que propiciem o domínio de competências necessárias com vistas à melhoria das práticas profissionais, contribuindo para sua formação, com impactos substanciais no desenvolvimento de sua atuação profissional para uma prestação jurisdicional eficiente.

Assim, concito os servidores a participar do referido Curso, informando que a conclusão da capacitação irá até o dia 30 de setembro de 2019. As inscrições estão em andamento e devem ser realizadas meio do link: Curso de Nivelamento dos Servidores do Poder Judiciário

Nossa reverência à servidora Annete Pina

35     

- Macapá, 27 de Janeiro de 2017-

Uma mulher educada, serena, competente, eficiente, fraterna e muito determinada em fazer o melhor todos os dias, seja em casa ou no trabalho. A fé é a sua base para construir bons resultados na vida pessoal e profissional. Super mãe, esposa dedicada e uma incansável trabalhadora. Estas são algumas das diversas qualidades da Diretora da Assessoria de Controle Interno do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, Annete Martins Pina.

20
Fruto do amor do casal paraense, Mionete Martins Pina e Antony de Jesus Pina, Annete Pina nasceu em Belém do Pará, no dia 14 de março de 1960. Casada com o representante comercial Ewaldo Wanderley Júnior, mãe de Pedro Henrique (34 anos), Luana (26) e Lúcia (24) e irmã de Miguel Guilherme (engenheiro agrônomo), Antony Júnior (administrador) e Mário Henrique.

TRAJETÓRIA ESCOLAR

33Com apenas quatro anos de vida, começou a estudar no Jardim de Infância, onde ficou por dois anos. Após esse período, transferiu-se para o Instituto São Vicente de Paula (colégio de freiras), no Bairro Umarizal, sob os cuidados da dedicada professora, Irmã Vicência, onde estudou cinco anos.

21Depois foi para o Colégio Santa Rosa, onde estudou o ensino médio até o 2º ano (que na época era chamado de Científico). Fez vestibular para Ciências Contábeis da Faculdade Integrada Colégio Moderno (FICOM), sendo aprovada. Era o início de uma promissora trajetória na vida contábil. 

17

Formou-se em 1985. Fez pós-graduação em Controladoria e Finanças Públicas pela PUC-SP, no período de 1999 a 2001. Também fez vários cursos de capacitação em Belém, Brasília, Rio de Janeiro e outros Estados, nas áreas de auditoria e controladoria.

 

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

31O primeiro emprego de Annete Pina foi na Loja Visão, no Centro de Belém do Pará, na função de Relações Públicas.

“A primeira experiência a gente nunca esquece. Apesar de passar apenas seis meses trabalhando nas Lojas Visão, foi uma experiência muito válida que serviu para fortalecer a minha personalidade profissional. Lembro que com o primeiro salário que ganhei, comprei um relógio. Porém, não pude continuar no trabalho devido aos estudos. Nesse período estava estudando para fazer o vestibular e, infelizmente, não deu para conciliar o estudo com o trabalho. O estudo era a minha fortaleza, caminho seguro que serviria para abrir a porta da prosperidade”.

18Aos 23 anos, Annete Pina fez concurso público para a Companhia Docas do Pará (CDP), sendo aprovada para exercer a função de Auxiliar de Escritório. Era responsável pela elaboração dos mapas de controle de cargos no setor de estatísticas das Docas do Pará que eram encaminhados para a Petrobrás.

Contudo, Annete não estava contente, pois não conseguia aplicar o conhecimento adquirido e desenvolvido na faculdade no local de trabalho. Passou dois anos trabalhando ao lado do presidente da Companhia Docas do Pará, Raul Moreira, um grande amigo e admirador do seu potencial profissional, período que serviu para preparar e fortalecer seu projeto ideal: a CONTABILIDADE.

15“Eu não estava contente com o trabalho que estava realizando. O meu pensamento era poder conciliar da melhor forma o conhecimento adquirido na faculdade ao trabalho. Foi quando tive a oportunidade de optar pelo serviço na GS Assessoria e Contabilidade Ltda, que proporcionou um novo rumo em minha vida. Nessa época, eu já tinha o meu filho Pedro e estava decidida a aprender os conceitos sobre contabilidade. Essa decisão foi extremamente importante, pois consolidou a minha carreira profissional na área de ciências contábeis, me possibilitando adquirir tudo o que conquistei na minha vida. A decisão foi difícil, mas tive a felicidade de optar e poder exercê-la com muita dedicação e paixão”. 

14Após esse período, trabalhou na GS Assessoria e Contabilidade Ltda, por dois anos, junto com o amigo George Santiago que a ajudou consideravelmente para o fortalecimento dos seus passos profissionais.

07Depois dessa fase, Annete Pina decidiu realizar seu primeiro voo solo como contadora. Sua atuação aconteceu na empresa M.M. Engenharia em Belém do Pará, no período de 1986 a 1989.

De 1990 a 1996, Annete Pina resolveu trabalhar por conta própria, fazendo assessoria contábil e consultoria a empresas de pequeno e médio porte na cidade de Belém/PA, experiência que serviu para ampliar e consolidar seus conhecimentos técnicos.

Em 1996, foi convidada para trabalhar novamente na Companhia Docas do Pará para auxiliar nos serviços contábeis. Aceitou novamente o desafio e em pouco tempo de trabalho, devido ao seu talento, eficiência, capacidade e profissionalismo, foi indicada para assumir a Chefia Geral da Contabilidade da Companhia Docas do Pará.29

Em 1997 veio participar de uma licitação no Porto do Município de Santana, no Estado do Amapá, na época administrado pela CDP, evento este que proporcionou seu primeiro contato com as terras tucuju.

Em 1998, retornou novamente para participar de outro processo licitatório realizado e administrado pela CDP. O destino estava preparando o momento para estreitar definitivamente os laços entre Annete Pina e o Estado do Amapá.

16Após desempenhar muito bem suas atividades profissionais na CDP, Annete Pina ficou desempregada, mas não demorou muito tempo para receber um convite da cunhada Vera, que residia em Macapá para passar um mês na Capital amapaense. Aceitou o convite para enfrentar o novo e decisivo desafio de sua vida. A possibilidade de trabalho no Poder Judiciário do Estado do Amapá.

INGRESSO NO JUDICIÁRIO DO AMAPÁ

ANNETE MARTINS PINA chegou ao Amapá no mês de fevereiro de 1999. Nessa época, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, era o desembargador Gilberto de Paula Pinheiro e o diretor do Controle Interno do TJAP era Edmundo Silva.

O conhecimento, eficiência, experiência e profissionalismo que desempenhara na Companhia Docas do Pará, e outras empresas na atividade contábil, serviram para abrir as portas para nova e importante função que assumiria na ASTECIN/TJAP, a de Auxiliar de Contabilidade.

05“A transferência de residência de Belém para o Amapá foi um grande desafio para mim. Decidi deixar a minha família e filhos, inclusive uma que estava muito pequena, para abraçar esse novo projeto de vida. A proposta de trabalho era para passar apenas um mês. Aceitei, pois estava desempregada e precisava trabalhar. Tinha a esperança que tudo daria certo”.

O trabalho no Tribunal de Justiça do Amapá começou. Ela lembra que quando chegou a seu local de trabalho, na ASTECIN, percebeu que todos tinham genuína vontade de desenvolver um bom serviço. Ali começava um novo desafio em sua carreira profissional.

06Annete explica que transparência é a palavra chave para começar a definir uma das mais importantes unidades administrativas que compõem o Tribunal de Justiça do Amapá: a Assessoria Técnica de Controle Interno- ASTECIN.

É nela que é realizado o trabalho de controle e fiscalização dos atos administrativos no âmbito do Tribunal, nas Comarcas, nos Juizados Especiais, ou seja, em toda estrutura administrativa do Poder Judiciário.

02A ASTECIN está diretamente subordinada à Presidência do TJAP, e sua missão é contribuir com o desenvolvimento e crescimento do Poder Judiciário do Estado do Amapá, visando à racionalização, eficiência, economicidade e legalidade das decisões e projetos executados no âmbito do Tribunal.

O trabalho executado pela ASTECIN respalda o gestor para as tomadas de decisões com mais segurança, observando a legalidade e os princípios básicos da Administração Pública, além de realizar fiscalizações, inspeções e auditorias, sempre norteando gestores, com o intuito de auxiliar a Alta Gestão.

08“A primeira atividade que desempenhei na ASTECIN foi na pasta de Suprimento de Fundos. Foi no final da gestão do desembargador Gilberto Pinheiro, na época presidente do TJAP, e meu contrato de trabalho, que era de seis meses, encerrou. Logo após, recebi o convite do desembargador Luiz Carlos Gomes, que então assumia a administração do TJAP. Foi honroso ouvir do novo presidente do TJAP palavras elogiosas sobre o meu desempenho profissional”.

Annete Pina desenvolveu seus relevantes serviços na ASTECIN/TJAP até março de 2001. Após esse período, recebeu um convite do desembargador Mário Gurtyev para coordenar o Controle Interno do Tribunal Regional Eleitoral de 2002 a 2003, e logo depois assumiu a Coordenadoria de Orçamento e Finanças do TRE/AP, na gestão do desembargador Gilberto Pinheiro, no período de 2004 a 2005.

10Retornou ao Tribunal de Justiça do Amapá, em 2006, na presidência do desembargador Raimundo Vales, no cargo de Diretora da ASTECIN, onde ficou um ano. De 2007 a 2010 o destino tinha feito uma pequena pausa na sua história com o Judiciário amapaense. Annete permaneceu em Belém/PA. Em 2011, voltou ao Estado do Amapá a convite do desembargador Mário Gurtyev, para assumir novamente o cargo de Diretora da ASTECIN.

Após a gestão do desembargador Mário Gurtyev, Annete Pina continuou prestando seus relevantes serviços nas gestões do desembargador Luiz Carlos Gomes dos Santos e da atual presidente do TJAP, desembargadora Sueli Pereira Pini.

12O trabalho dedicado de Annete Pina serviu para engrandecimento dos serviços contábeis do Tribunal de Justiça do Amapá, e mostrou que possui propósitos bem definidos de profissionalismo, responsabilidade, serenidade, confiança e um grande espírito de aperfeiçoamento.

“Agradeço a Deus todos os dias por ter me permitido vivenciar tanto aprendizado e experiência com todos os meus colegas da ASTECIN. Aproveito para agradecer toda a dedicação de cada servidor que faz parte do meu dia a dia de trabalho, pois sei que ninguém constrói nada sozinho e com eles divido e compartilho esta honrosa homenagem. Temos sim a necessidade de sermos valorizados, amados e reconhecidos pelo trabalho que desenvolvemos. Dedico também esta reverência à minha família e a todos os meus colegas do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá”.  

A LUTA CONTRA O CÂNCER

Annete Pina sempre foi considerada uma mulher forte, de fibra e de fé. Mas em junho de 2012, uma notícia quase abala a serenidade desta mulher. Após realizar exames minuciosos, Annete recebeu uma dolorosa notícia: estava acometida por um câncer na tireóide.

13Começara ali uma fase de sua vida em que travaria uma imensa batalha em busca de sua saúde. A fé em Deus, o apoio da família, dos amigos e colegas de trabalho foram fatores decisivos para fortalecer a certeza de que sairia vencedora dessa luta pela vida.

Annete Pina foi operada no dia 4 de agosto de 2012. Após a cirurgia, continuou o tratamento através do método chamado de IODOTERAPIA, que é indicado para pacientes que possuem disfunções na glândula tireóide.

22“A luta contra o câncer foi um dos maiores desafios da minha vida. Enfrentei com resiliência e fé. Venci, na verdade estou vencendo todos os dias. Após a cirurgia eu fiz o tratamento chamado de iodoterapia que serve para debelar a doença do meu corpo, além de fazer de seis em seis meses exames para saber como está a minha situação de saúde. Tomo medicamentos controlados, pois o médico me disse que é preciso continuar com o tratamento para evitar todas as possibilidades de retorno dessa terrível doença. Agradeço a Deus, à minha família, amigos e aos colegas de trabalho todo o apoio que tive nesses momentos tão difíceis”.

24Uma mulher que não esmoreceu diante dos percalços que surgiram em seu caminho. Forte e sábia, Annete nos mostra que o caminho mais curto para se alcançar a eficiência que todos nós desejamos, é persistir e nunca desistir. É por tudo isso que lhe registramos nossa valorização e reconhecimento, sendo você merecedora da NOSSA calorosa REVERÊNCIA.

 

 

 

 

===============================================================================================

 

 

selo-ouro-cnj selo-ouro-cnj Sessões online