Comarca de Vitória do Jari

Vara Única da Comarca de Vitória do Jari

Av. 15 de Maio, S/N, Centro
68924-000 - Vitória do Jari - AP
Fone. (096) 3622-1440/1505 - Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 
Fax: 3622-1505

Juiz Titular e Diretor:  ANDRÉ GONÇALVES DE MENEZES
Chefe de Secretaria: Walmir Lourenço Da Silva
Assessor Jurídico: Iara Gomes Brito
Assessor Jurídico: Fabíola Araújo de França

Informações da Comarca de Vitória do Jarí

Vitória do Jari é o mais novo Município do Estado e sua emancipação político-administrativa deu-se em 08 de setembro de 1994. As origens estão diretamente ligadas à história de desenvolvimento de Laranjal do Jari, particularmente aos acontecimentos referentes à instalação e funcionamento do Projeto Jari Florestal. A sede do Município ainda hoje representa uma ampliação das estratégias de ocupação ribeirinha iniciada em Laranjal do Jari, ambas compartilhando dos mesmos benefícios e problemas refletidos pelas condições de vida palafítica de suas populações e pelos interesses conflitantes com o empreendimento que lhes promovem maior sustentação econômica.

O Município de Vitória do Jari, desmembrado do município de Laranjal do Jari, foi criado por determinação da lei n.º 0171, de 08 de setembro de 1994. Vitória do Jari surgiu do anseio da população ver transformado em benefícios para a localidade, os impostos pagos pela CADAM (empresa que explora o minério daquela região).

Trata-se de um núcleo populacional formado por pessoas que trabalhavam no parque industrial da CADAM, logo fixaram residência e criaram um pólo econômico ativo, onde se instalaram inúmeras atividades de comércio e serviços, destinados a atender necessidades imediatas da população. O núcleo rapidamente cresceu e adquiriu condições para se transformar em Município.

Por estar próximo do Município de Laranjal, Vitória do Jari, conhecido popularmente por Beiradinho, enfrenta os mesmos problemas daquele Município: Enchentes, desemprego e condições de moradia precárias para a população menos assistida, que vive sobre pontes e palafitas, etc. Novos bairros começam a se estruturar em áreas firmes, como é o caso da Cidade Livre.

Dados Gerais

Lei de Criação. Nº 171, de 8 de setembro de 1994
Distância da capital. 213 Km

Limites

Norte : Laranjal do Jarí e Mazagão
Sul     : Estado do Pará
Leste : Rio Amazonas
Oeste: Estado do Pará

Clima

Tropical chuvoso

Temperatura Média

Mínima de 20º e máxima de 34ºC

Economia

Setor primário. Criação de gados bovinos e bubalinos.
Agricultura. Milho, banana, melancia, jerimum, arroz, mandioca, etc.
Setor terciário. Pequenas mercearias, bares e diversas boates

Atrações Turísticas

Viagens de catraias pelo Rio Cajari e à noite, uma visão deslumbrante da fábrica da Jari, que fica do outro lado do rio. Além disto, são permitidas visitas à mina de extração do Caulim (morro do Felipe).
Eventos Culturais. Festejos em junho (dia 29) em louvor a São Pedro, padroeiro do lugar. Festival do Caiu, no mês de novembro. Em Jarilândia, no mês de dezembro, acontecem as festividades em louvor a Nossa Senhora da Conceição. 


Dados do IBGE
Area do Município

2.482,888 km²

População

14.045 habitantes estimada em 2014

Densidade Demográfica

5,01 hab/km2 em 2010

Índice de Desenvolvimento Humano Municipal(IDHM)

0,619 em 2010

 

Consulta rápida

Consulta rápida
http://www.tjap.jus.br/app/open/consultas/?task=doc

Documento digital

 
Selo 28 Anos TJAP Selo 29 Anos TJAP Selo Ouro CNJ Sessões online

O Tribunal de Justiça do Estado do Amapá utiliza cookies em seu portal e Aplicativos para controle de navegação no site e geração de informações estatísticas, os quais são armazenados apenas em caráter temporário para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com esse monitoramento. Conheça nossa Política de Privacidade, Cookies e a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais - LGPD