Em 419 dias de pandemia, o Judiciário do Amapá realizou cerca de 5,5 milhões de movimentações processuais

419diasatuacaotjap_1.jpg

Em um dos períodos mais difíceis dos últimos 100 anos, a Justiça do Amapá, tão jovem, com apenas 30 anos de instalação, demonstrou que tem estrutura necessária para manter-se firme no cumprimento de sua missão institucional. Ao longo destes 419 dias de pandemia da covid-19, no Amapá, período 13 de março de 2020 a 13 de maio de 2021, foram cinco milhões, quatrocentos e sessenta e cinco mil e trinta e três movimentações processuais, distribuídas em: atos cumpridos por servidores, audiências, decisões, despachos e sentenças.

“Magistrados, servidores e colaboradores do Poder Judiciário amapaense têm demonstrado seu compromisso, dedicação e criatividade com a prestação jurisdicional, apesar das dificuldades e perdas impostas pelo novo coronavírus. São pessoas que, como quase todos, sofreram duros traumas ao longo desse período, mas que usam do senso de responsabilidade e criatividade na criação de soluções, sempre pautados pela prevenção e pela ciência, para cumprir com nossas diversas e importantes missões, que são, entre outras: aplicar a lei, garantir direitos e promover a paz social”, disse o presidente do TJAP, desembargador Rommel Araújo.

O presidente do TJAP fez um convite para que ninguém desanime. “Se aprendemos algo com o que passamos até agora, é que é possível realizar uma boa parte de nosso trabalho com um emprego maior da tecnologia, do distanciamento e mesmo na segurança de nossos lares”, observou.

“Não sabemos se o pior já passou, mas podemos dizer que somos capazes de entregar o serviço em tempos de pandemia, bastando manter um extremo cuidado com a prevenção, com redundância na higienização de mãos e objetos de uso comum, barreiras físicas e distanciamento, uso de máscaras e prioridade pelo atendimento a distância e ambientes ventilados”, defendeu o desembargador-presidente.

“Peço a todos que mantenham o fôlego e o ânimo para seguirmos produzindo. Não pelos números, mas pelo cidadão que tanto precisa do nosso trabalho”, concluiu o desembargador Rommel Araújo, presidente do Tribunal de Justiça do Amapá.

 

- Macapá, 14 de maio de 2021 -

Assessoria de Comunicação Social
Texto: Aloísio Menescal
Central de Atendimento ao Público do TJAP: (96) 3312.3800
Siga-nos no Twitter: @Tjap_Oficial
Facebook: Tribunal de Justiça do Amapá
You Tube: TJAP Notícias
Flickr: www.flickr.com/photos/tjap_oficial
Instagram: @tjap_oficial

Selo 28 Anos TJAP Selo 29 Anos TJAP Selo Ouro CNJ Sessões online