Acusado de tentativa de feminicídio será julgado em júri popular na Comarca de Amapá na próxima sexta-feira (18)

jurifeminicidiocomamapa_1.jpegA Vara Única de Competência Geral da Comarca de Amapá, que tem como titular o juiz Julle Anderson Mota, realizará, na próxima sexta-feira (18), Júri Popular presencial. O processo em julgamento é um caso decorrente de tentativa de feminicídio e foi agendado diante da urgência e necessidade de realizá-lo, posto que o réu está preso. Segundo o magistrado, este júri está sendo planejado há mais de dois meses. “Estamos tomando todos os cuidados possíveis para manter um distanciamento saudável, faremos a chamada dos jurados fora do fórum e só entrará quem for efetivamente participar do corpo de jurados”, exemplificou o juiz.

“Além disso, só estarão no Plenário o corpo de jurados, bem espaçados e divididos nos dois lados da plateia, o promotor, a defensora, o réu, o juiz e os auxiliares”, garantiu, acrescentando que “não haverá público espectador”. Uma testemunha, grávida e residente em Calçoene, participará remotamente, por meio de videoconferência.

Esses cuidados se somam ao esforço manter a obrigatoriedade da máscara no ambiente do fórum, da higienização das mãos ao acessar o prédio e da manutenção do distanciamento individual com a obediência das demarcações no piso e assentos.

Além deste Júri, a unidade já tem outro agendado para o dia 28 de junho e seguirá agendando a realização de novos julgamentos à medida que as condições permitirem – sempre com os mais exigentes cuidados com a saúde dos participantes.

 

- Macapá, 10 de junho de 2021 -

Assessoria de Comunicação Social
Texto: Aloísio Menescal
Central de Atendimento ao Público do TJAP: (96) 3312.3800
Siga-nos no Twitter: @Tjap_Oficial
Facebook: Tribunal de Justiça do Amapá
You Tube: TJAP Notícias
Flickr: www.flickr.com/photos/tjap_oficial
Instagram: @tjap_oficial

Selo 28 Anos TJAP Selo 29 Anos TJAP Selo Ouro CNJ Sessões online