O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá informa que a partir do dia 4 de julho de 2022 o PJe será expandido para a competência Cível do Juizado Especial Cível e Criminal de Santana. Os processos distribuídos anteriormente à implantação do PJe continuarão sendo processados nos respectivos sistemas até que esteja autorizada a migração para o PJe pelo Presidente do Tribunal.

Os processos de natureza criminal cujo processamento seja de competência do referido juizado continuarão a tramitar no sistema Tucujuris.

Mais informações no Ato Conjunto Nº 643/22 GP/CGJ/TJAP

Prêmio CNJ de Qualidade: Tribunal de Justiça do Amapá conquista o Ouro em 2021

PREMIO_CNJ_DE_QUALIDADE_-_selo_ouro_tjap_2021.jpgO Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) foi reconhecido com a Categoria Ouro do Prêmio CNJ de Qualidade em cerimônia realizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) durante o XV Encontro Nacional do Poder Judiciário, ocorrido na sexta-feira (03). É a sétima vez que o TJAP é reconhecido nessa categoria desde que a apuração foi iniciada em 2014, quando o Prêmio ainda se chamava Selo Justiça em Números. (CERIMÔNIA DISPONÍVEL NO CANAL DO CNJ NO YOUTUBE)

O desembargador-presidente Rommel Araújo comemorou a premiação e a atribui a um esforço de equipe. “A Justiça do Amapá, mais que uma equipe, é uma grande família. Constituída por magistrados, servidores, colaboradores e estagiários, esse clã trabalha diariamente unido em uma nobre missão que é constituída por alguns pilares, entre eles: levar a prestação jurisdicional, assegurar os direitos de todos e promover a paz social”, registrou.

“O Prêmio, mais do que nos envaidecer, nos dá um importante recado, que é: ‘vocês estão no caminho certo’, e para mim isso significa que quem ganha com este o prêmio é o nosso jurisdicionado, é toda a sociedade amapaense”, garantiu o magistrado.

“Agradeço ao empenho de todos os profissionais que contribuíram para chegarmos aqui, mantendo por mais um ano o status ouro, mas, em nome do TJAP, dedico este prêmio aos servidores que perdemos pelo caminho, que nos deixaram seu exemplo e a saudade”, concluiu o presidente do TJAP, desembargador Rommel Araújo.

De acordo com o titular da Secretaria Especial de Programas do CNJ, Marcos Lívio Gomes, que abriu a cerimônia, a entrega do Prêmio CNJ de Qualidade é um importante marco no reconhecimento do trabalho realizado pelos tribunais durante todo o ano de 2021 e parte de 2020. “Este Prêmio reúne um conjunto de 137 critérios que avaliam, de forma complexa e sistematizada, o desempenho dos tribunais sob a ótica da governança, produtividade, transparência, qualidade da informação e dos avanços tecnológicos”, ressaltou.

O secretário apontou como novidade nesta edição alguns critérios, entre eles o grau de implantação do Programa Justiça 4.0, com itens como: o Juízo 100% Virtual, o Balcão Virtual, os Núcleos de Justiça 4.0, o percentual de acervo eletrônico e a contribuição dos analistas de tecnologia da informação na revisão de códigos fonte que visam ao aprimoramento da PDPJ e PJE.


- Macapá, 03 de dezembro de 2021 -

Assessoria de Comunicação Social
Texto: Aloísio Menescal
Central de Atendimento ao Público do TJAP: (96) 3312.3800
Siga-nos no Twitter: @Tjap_Oficial
Facebook: Tribunal de Justiça do Amapá
You Tube: TJAP Notícias
Flickr: www.flickr.com/photos/tjap_oficial
Instagram: @tjap_oficial

Selo Ouro CNJ Selo 28 Anos TJAP Sessões online Parceiros Digitais

O Tribunal de Justiça do Estado do Amapá utiliza cookies em seu portal e Aplicativos para controle de navegação no site e geração de informações estatísticas, os quais são armazenados apenas em caráter temporário para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com esse monitoramento. Conheça nossa Política de Privacidade, Cookies e a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais - LGPD