Diálogo e Transparência: Presidente do TJAP realiza Audiência Pública para ouvir moradores do Vale do Jari

jariaudenciapreslages (36).JPGO Plenário do Fórum que sedia a Comarca de Laranjal do Jari recebeu, na manhã da última sexta-feira (27), Audiência Pública promovida pelo Tribunal de Justiça do Amapá. Sob condução do presidente do TJAP, desembargador João Guilherme Lages, a reunião teve como objetivo prestar esclarecimentos à população quanto à atividade jurisdicional, captar seus anseios em geral, avaliar medidas possíveis no âmbito da Justiça Estadual e dar encaminhamentos a outros poderes e instituições quando a demanda não estiver ao alcance da Justiça. (A AUDIÊNCIA PÚBLICA PODE SER ASSISTIDA NO FACEBOOK DO TJAP NESTE LINK)

jariaudenciapreslages (37).JPGNa abertura da audiência, além da tradicional execução do Hino Nacional, o evento contou com a performance da cantora Dalva Braga e do tecladista Moisés Pimenta na execução do Hino do Município de Laranjal do Jari. Com Plenário lotado de cidadãos comuns, lideranças comunitárias, autoridades políticas e representantes de instituições públicas e privadas, a Audiência Pública foi a segunda realizada pela atual gestão do TJAP. A primeira, realizada em maio, ocorreu na cidade de Oiapoque, extremo Norte do estado. (ACESSE A GALERIA DE FOTOS)

jariaudenciapreslages (29).JPGO desembargador-presidente João Lages fez questão de ressaltar que apesar de estar ali conduzindo a audiência pública, no papel de presidente do Judiciário do Amapá, o desembargador Lages garantiu que “quem faz a Justiça aqui no Jari são os juízes e servidores que temos na comarca, pois são eles que vivem aqui, dia a dia, trabalhando com muita competência, e são profissionais muito estudiosos, preparados e inteligentes”.

Assegurando os presentes de que é na audiência pública que se pode falar mais abertamente, o desembargador-presidente afirmou que “aqui é para se falar tudo, ser franco, sem restrições exceto pelo respeito”.

jariaudenciapreslages (32).JPGCom duração de aproximadamente duas horas e trinta minutos, a Audiência Pública em Laranjal do Jari teve entre as questões mais presentes nas manifestações da plateia: abastecimento de água; asfaltamento da BR 156; acesso para deficientes nos transportes públicos; creches públicas; serviços de saúde pública; entre outros temas.

Um tema que repercutiu em visita no mesmo dia da Audiência Pública foi a demanda por reforma ou reconstrução de passarelas na Comunidade das Malvinas, bairro suspenso por palafitas às margens do Rio Jari. As passarelas, conhecidas como “área de ponte”, foram percorridas em sua quase totalidade pelo desembargador João Lages, para reconhecimento da precariedade dajariaudenciapreslages (49).JPG situação enfrentada pela população local, de aproximadamente seis mil pessoas.

jariaudenciapreslages (51).JPG“Viemos verificar a situação das passarelas e da água, denunciadas na Audiência Pública, pois foi aqui que o Laranjal do Jari nasceu, para depois ir se projetando para o agreste”, relatou o desembargador-presidente.

“Esta área precisa de uma atenção especial, pois não há acessibilidade nem saneamento básico, e vamos levar um relatório dessa visita à Caesa, ao Governo do Estado, à Defensoria Pública e ao Ministério Público, para que se encaminhe uma solução para o povo que aqui reside”, concluiu o magistrado.

- Macapá, 30 de setembro de 2019 -

Assessoria de Comunicação Social
Siga-nos no Twitter: @Tjap_Oficial
Facebook: Tribunal de Justiça do Amapá
You Tube: TJAP Notícias
Flickr: www.flickr.com/photos/tjap_oficial
Instagram: @tjap_oficial
Programa Justiça por Elas- Rádio 96.9 FM
Programa Conciliando as Diferenças- Rádio 96.9 FM
Programa Nas Ondas do Judiciário- 630 AM
Programa Justiça em Casa- Rádio 96.9 FM
Programa Justiça Contando Histórias- Rádio Difusora

Selo 28 Anos TJAP Selo 29 Anos TJAP Selo Ouro CNJ Sessões online